5 dicas para ganhar massa muscular mais rápido

5 dicas para ganhar massa muscular mais rápido

Ganhar mais massa muscular é o sonho de muita gente. A verdade é que diversos fatores influenciam a composição corporal: genética, peso, altura, idade, entre outros. Portanto, algumas pessoas possuem mais facilidade para tonificar seus músculos do que outros. 

De maneira geral, o ganho de massa musculo ocorre através da junção de alguns fatores: alimentação adequada e balanceada, exercício físico intenso e descanso regular. Busque sempre a orientação de um educador físico ou personal trainer para otimizar seus resultados e ganhar massa muscular mais rápido. 

Se você está em busca de ganho de massa muscular, não pode perder esse artigo. Iremos tratar sobre as 5 principais dicas para ganhar massa muscular mais rápido. Continue lendo! 

Leia também: Opções de alimentos saudáveis usados como adoçantes.  

Confira as melhores dicas que separamos para você que deseja aumentar o ganho de massa muscular mais rápido: 

Treine com frequência 

A melhor dica para ter mais massa muscular é treinar. O ideal é focar em treinos de força por, pelo menos, três a cinco dias na semana. A musculação é uma das alternativas mais eficazes nesse caso, pois podemos trabalhar um grupo muscular por vez. Além disso, a musculação ajuda a melhorar a consciência corporal, fortalece a musculatura envolvida na postura, previne a osteoporose, diminui o risco de diabetes e garante mais disposição física. 

Para aumentar o ganho de massa muscular de maneira rápida, treine de forma intensa. Isto é, mantenha uma frequência adequada de treinos, de acordo com seu nível de aptidão física, e use uma carga adequada nas repetições. É preciso gerar novos estímulos para que ocorra a hipertrofia, que é o processo de crescimento dos músculos. Para isso, varie a quantidade de séries e repetições, o intervalo de recuperação, os métodos de intensificação e a divisão do treino. Conte com o apoio de um personal trainer especializado para garantir que você faça os exercícios da maneira correta. Ele irá avaliar seu condicionamento físico atual e criar uma série de exercícios personalizados, de acordo com seu objetivo. 

Além disso, sempre respeite o tempo de intervalo entre as séries. No caso da hipertrofia, a pausa geralmente varia entre 45 segundos a 1 minuto e 30 segundos. Quando você descansa menos que o necessário, pode faltar força para fazer o número de repetições. Também não é legal fazer um intervalo maior que o indicado, pois o treino pode não oferecer o estímulo traçado pelo professor. 

Dica extra: busque fazer os exercícios de forma mais lenta. Ao realizar o exercício assim, você tem mais controle da coordenação e do equilíbrio, o que diminui o risco de lesão. Fora isso, esse é um estímulo importante para a hipertrofia, pois o músculo fica sob tensão por mais tempo. 

Respeite o descanso 

Descansar é tão importante quanto treinar. Sabe por que? O processo de crescimento muscular (hipertrofia) ocorre assim: devido aos exercícios, as fibras musculares sofrem microlesões e, em um processo natural do organismo, elas se recuperam, tornando-se mais fortes e maiores. Para que isso aconteça adequadamente, você precisa respeitar o tempo de descanso, que gira em torno de 48h. 

Dessa forma, uma boa opção é dividir seu treino em grupos musculares. Você pode treinar membros inferiores e abdômen nas terças e quintas-feiras, por exemplo, e membros superiores nas segundas e quartas-feiras.  

Não acredite em soluções milagrosas 

Infelizmente, não existe uma solução mágica para aumentar o ganho de massa muscular. O segredo é mesmo treinar de maneira intensa. Portanto, fuja de substâncias que prometem muitos resultados sem esforço e oferecem riscos à saúde. 

Cuide da sua alimentação 

A alimentação faz muita diferença para quem busca o aumento da massa muscular. Então, não descuide. Quem treina intensamente deve priorizar o consumo de carboidratos e proteínas, que dão energia para os treinos. Algumas fontes de carboidratos são: batata, arroz, macarrão integral e tapioca. Entre as proteínas estão os ovos, leite e derivados, peixe, frango e leguminosas, como feijão, lentilha e grão de bico. Priorize os alimentos integrais no seu dia a dia e, se possível, busque a orientação de um especialista no assunto, como um nutricionista. Quando há necessidade, uso de suplementos proteicos, como a creatina ou o whey protein, pode ser indicado por um nutricionista ou médico. 

Se você consome bebidas alcoólicas de maneira frequente, é melhor repensar esse hábito. Beber de vez em quando não atrapalha os resultados do treino, porém é contraindicado exagerar. O consumo crônico de álcool prejudica o ganho do condicionamento muscular necessário para o bom desempenho da musculação. 

Consuma Konjac! 

As massas e arroz Konjac MF são uma forma saudável – e super gostosa – de incluir mais fibras na dieta e pode ser utilizado de forma estratégica em refeições que precisam de complementos.  

Konjac é indicado para diversas dietas e planos alimentares, sendo de grande utilidade para praticantes de esportes, adeptos de um estilo de vida saudável e atletas profissionais. 

A cada 100g são apenas 9 calorias, 0g de carboidrato, 0g de sódio, 0g de gordura e 4g da fibra solúvel glucomannan. Todos os produtos são derivados do tubérculo konjac – de onde a farinha é extraída– e composto, em grande parte, por fibras solúveis. 

Clique aqui e garanta seus produtos agora mesmo. Aproveite um cupom exclusivo para obter 10% de desconto em sua primeira compra: é só digitar PRIMEIRACOMPRA no campo “Cupom de desconto” na hora do seu pagamento. 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente