Qual é a importância da fibra solúvel na alimentação?

Qual é a importância da fibra solúvel na alimentação?

Quem busca uma alimentação saudável precisa estar ciente de todos os nutrientes necessários para atingir a saúde desejada. Ou seja, não é possível ignorar macro e micronutrientes, sendo fundamental diversificar a alimentação e, em alguns casos, garantir uma suplementação vitamínica para o funcionamento correto de todas as funções metabólicas. 

Entre esses nutrientes, estão as fibras solúveis, moléculas integrantes de diversos alimentos vegetais que possuem uma importância para o funcionamento correto do intestino. Isto é, elas tem uma ação probiótica, garantindo que o microbioma humano esteja com o funcionamento adequado em todos os momentos. E isso preserva não só a saúde digestiva, como também a produção hormonal e o sistema nervoso. 

Por isso, é mais do que relevante entender a importância da fibra solúvel na alimentação saudável. Vamos ver nos próximos tópicos mais algumas informações sobre este nutriente. 

O que são as fibras solúveis? 

Fibras são carboidratos vegetais presentes em diversas plantas, tubérculos, frutas e legumes que não são digeridos completamente pelo nosso corpo. Apesar disso, esses nutrientes são fundamentais para a saúde do organismo, pois alimentam a flora bacteriana que existe em nosso sistema digestivo e que nos ajuda a ter um metabolismo otimizado. 

Neste sentido, as fibras solúveis são os nutrientes que alimentam essas bactérias e garantem a saúde da colônia inteira. Elas, ao entrarem no nosso sistema digestivo, se transformam em um gel que fica um grande período de tempo no estômago e no intestino, o que favorece a saciedade. 

Elas podem ser encontradas, por exemplo, em diversos alimentos frequentes nas dietas como: 

  • Konjac; 
  • Banana; 
  • Laranja; 
  • Quinoa; 
  • Aveia; 
  • Cevada; 
  • Linhaça; 
  • Soja; 
  • Maçã; 
  • Cenoura; 
  • Couve-flor. 

Considera-se que o consumo de fibras solúveis diariamente deva ser de, pelo menos, 25 gramas ao dia. Porém, o valor adequado para os homens pode chegar a 34 gramas. Em caso de consumo menor que o recomendado, situações como a constipação e dores abdominais podem ocorrer, além de doenças como a disbiose intestinal. 

Qual é a importância da fibra solúvel na alimentação? 

Muitas pessoas podem se questionar sobre o papel das fibras solúveis: Se elas não são digeridas, por que devem ser consumidas? Apesar de não serem absorvidas por nós, as fibras são fundamentais para a colônia de bactérias que existe no intestino de cada uma das pessoas da Terra. 

Sim, existem trilhões de bactérias que formam uma colônia nos intestinos humanos! E elas são importantíssimas para o nosso organismo. Sem a presença delas, o ser humano sofre com problemas intestinais graves, que se refletem no sistema nervoso e endócrino. E são esses alimentos repletos de fibras que mantém a colônia com bactérias benéficas e com um número limitado de bactérias prejudiciais. 

Podemos citar três principais pontos da fibra solúvel na alimentação: 

Controle da Glicose e do Colesterol 

As fibras solúveis, quando entram no corpo humano, se tornam uma espécie de gel que demora a ser excretado. E durante o seu período no corpo, o gel impede a absorção completa da glicose presente nos alimentos, controlando também o pico de insulina. Da mesma forma, a gordura não é absorvida de forma completa, o que ajuda na diminuição do LDL - colesterol ruim. Para obter esses efeitos positivos, é preciso uma alimentação com fibras solúveis diária e no nível correto. 

Cuidado com a saúde mental 

É bem conhecido na medicina o eixo cérebro-intestino, já que é no sistema digestivo que são produzidos diversos hormônios e neurotransmissores. Não podemos deixar de mencionar que o intestino é chamado de segundo cérebro devido ao número de neurônios e neurotransmissores no local! 

Problemas causados pela falta de fibra podem, inclusive, refletir em distúrbios mentais e problemas de neurodesenvolvimento. O consumo de alimentos probióticos e prebióticos tem um importante papel na preservação do corpo. 

Preservação do sistema imunológico 

O sistema gastrointestinal é um dos mais importantes para o corpo humano devido ao número de funções que ele realiza. Entre elas, também está a interação com o sistema imunológico, afinal mais de 70% das células do sistema imunológico estão no intestino! A fibra solúvel, fermentada pelas bactérias do intestino, se transforma em substâncias que preservam os órgãos e auxiliam na proteção do organismo. 

O consumo de Konjac é uma ótima fonte de fibras solúveis 

Como é possível ver acima, o consumo de fibras solúveis ajuda na saúde do corpo como um todo e não deve ser ignorado. E, para garantir esse cuidado, a alimentação se configura como a principal forma de manter o organismo funcionando. É claro que é possível a suplementação, principalmente em casos de problemas alimentares, mas tem coisa melhor do que ingerir todos os nutrientes sem precisar recorrer a produtos especiais? 

Um alimento que garante o número adequado de fibras solúveis para o seu corpo é o tubérculo Konjac, alimento de origem asiática com funções medicinais conhecidas há milênios. Com ele, é possível fazer uma massa que possui apenas 9 calorias a cada 100 gramas e encaixa em diversos tipos de dieta.  

Uma das principais qualidades das massas feita com o Konjac é a fibra solúvel Glucomannan, um nutriente de grande valor nutricional e que traz mais sensação de saciedade quando comparado a outras fibras alimentares. Mais do que isso, ele não possui carboidratos, reduzindo o consumo do nutriente. 

Saiba mais sobre alimentação com a Konjac 

Para saber mais sobre nutrientes e dicas para a manutenção da saúde, conte com o Blog da Konjac. Nele, você encontra explicações sobre dietas, situações cotidianas e mais informações para quem precisa estar saudável e atingir a longevidade necessária. 

Quer saber mais? Acesse o nosso blog. 

E não perca a chance de incrementar seu consumo de fibras. Conheça os produtos da nossa linha de massas feita com Konjac, o primeiro macarrão zero carbo do Brasil. 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente