Rotina saudável com diabetes: Dicas de exercícios e alimentação

Imagem banner Rotina saudável com diabetes: Dicas de exercícios e alimentação | Konjac Massas MF

Lidar com o diabetes no dia-a-dia deixou de ser um desafio inalcançável. É claro que não é fácil tratar uma doença crônica, mas hoje as descobertas medicinais são capazes de trazer mais qualidade de vida e uma rotina saudável, contribuindo para o nosso bem-estar. 

Quem já nasce com a doença ou quem adquiriu devido aos hábitos de estilos de vida já está cansado de saber o que se deve ou não fazer para se cuidar. A cada ano novas pessoas começam a descobrir a doença e a lidar com ela.  

Dados da Federação Internacional de Diabetes revela que o número de pessoas com a doença aumentou em 74 milhões, totalizando 537 milhões de adultos no mundo em 2021.  

No Brasil, as estimativas mais recentes somam 16,8 milhões de pessoas com a doença, cerca de 7% da população. Como podemos ver, tem muita gente para lutar junto contra a doença e vencer os desafios diários de manter hábitos saudáveis. Ou seja, você não está sozinho e já tem muitas descobertas para nos ajudar no dia-a-dia com a doença. 

A verdade é que a gente não precisa se privar de aproveitar os sabores da vida. Há maneiras de adaptar as atividades para que elas sejam possíveis e, assim, alcançar uma rotina saudável com diabetes. 

Manter uma alimentação equilibrada, controlando a ingestão de carboidratos, o controle do álcool e do tabaco, a prática de atividades físicas e o cuidado com o sono são garantia de mais qualidade de vida. E funciona igualmente para as pessoas que não tem diabetes.  

Selecionamos algumas dicas da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) que tem como objetivo incluir pequenas mudanças na rotina, para além de controlar os níveis glicêmicos, garantir mais disposição e vitalidade 

Dicas exercícios e alimentação para uma rotina saudável com diabetes

1. Atividades físicas - Particularidades dos exercícios para o controle da glicose

Segundo a SBD, o exercício físico é primordial para tratamento do diabetes, porém existem algumas informações são desconhecidas para a maioria da população. Muitos realizam a prática dos exercícios, porém não atingem os resultados esperados. 

  • Combine exercícios aeróbicos e de resistência  

Pessoas com diabetes devem combinar o exercício aeróbio (caminhada rápida, corrida, bicicleta, natação etc.) com exercícios de resistência (pesos livres, aparelhos de musculação, bandas elásticas ou uso do próprio peso corporal). Cada exercício possui papel diferente para o controle do diabetes.  

  • Faça primeiro exercícios de resistência e depois os aeróbicos  

Alguns estudos comprovaram que o exercício resistido pode aumentar a glicemia no momento da execução, e assim proporcionar menor risco de hipoglicemia durante e após o exercício.  

Nesse sentido, a recomendação é antecipar o exercício de resistência (força) em relação ao treino aeróbio, para minimizar o risco de hipoglicemia em pessoas que fazem tratamento com insulina, por exemplo. 

  • Horário da prática de exercícios de força influenciam nos níveis glicêmicos. 

Foram realizados alguns estudos em relação à prática de exercícios físicos de força entre pacientes com diabetes tipo 1, que mantinham tratamento com múltiplas aplicações diárias e bombas de insulina.  

Ao final do estudo, os autores constataram que quem tem tendência à hipoglicemia durante o treinamento de força, deve optar por executá-lo preferencialmente pela manhã. Já quem possui tendência à hiperglicemia após o exercício resistido, deve realizá-lo preferencialmente à tarde. 

Rotina saudável com diabetes: Prática de exercícios físicos

Alimentação - A importância da ingestão de fibras

Se você não tem diabetes e quer se prevenir ou se já tem a doença e tem o desafio de manter os níveis glicêmicos controlados, a ingestão de fibras devem estar presentes em seu cardápio diário. As fibras são aliadas tanto para prevenir quanto para tratar o diabetes. 

O que muitos não sabem é que fibras não são todas iguais. Existem as fibras solúveis e as fibras insolúveis: 

  • Fibras solúveis: Segundo a SBD, as fibras solúveis são fundamentais no controle da glicemia e da gordura no sangue (aumento de colesterol e triglicerídeos, as chamadas dislipidemias).  

No dia a dia as fibras solúveis podem ser encontradas em alimentos como as Massas Konjac, produto 100% feito da farinha do glucomannan (Konjac), um dos tipos de fibra solúvel altamente benéfica para a saúde. O grande diferencial desse produto é que apesar de ser uma massa, ela não tem nada de carboidrato. Um sonho de consumo para diabéticos e pré-diabéticos.

Massa Konjac de fibra solúvel 

  • Fibras insolúveis: Elas ajudam a melhorar a saúde intestinal e a saciedade, contribuindo também para o controle do peso corporal. As fibras insolúveis são encontradas em alimentos naturais como cereais, grãos, vegetais, verduras e outros.  

A quantidade ideal de ingestão de fibras solúveis e insolúveis por dia é de 3 ou mais porções por dia, totalizando 30 gramas por dia, segundo a SBD.  

Agora que você já tem conhecimento sobre a prática de exercícios e alimentação adequada para manter a saúde em equilíbrio e uma rotina saudável com diabetes, procure seu médico, nutricionista e educador físico para combinar recomendações ideais para o seu tipo de diabetes e conquistar resultados promissores. 

Ficou curioso para experimentar a massa konjac, feita de fibra solúvel e 0 carboidratos? Ela é encontrada em diversos supermercados e lojas de produtos naturais espalhados pelo Brasil e também no site, clique e conheça 😉. 
 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente