Saiba o que é índice glicêmico

Saiba o que é índice glicêmico

Quem quer manter uma dieta saudável, precisa estar atento ao índice glicêmico. 

O açúcar é uma espécie de combustível que regula e faz o organismo trabalhar corretamente. É por isso que é tão importante manter o índice glicêmico em níveis equilibrados. 

Neste artigo você irá entender o que é o índice glicêmico, como controlar seus níveis, quem deve se preocupar com o índice glicêmico e por que as massas Konjac MF são ótimas aliadas dos pacientes diabéticos. Continue lendo e saiba mais.  

Leia também: Rotina saudável com diabetes: Dicas de exercícios e alimentação.  

O que é índice glicêmico? 

Antes de entendermos o que é o índice glicêmico, precisamos entender o que é carboidrato. Esse nutriente é fundamental para o bom funcionamento do corpo, pois, dentre outras funções, fornece energia para que as células do organismo possam funcionar corretamente. 

Para que o corpo possa aproveitar essa energia, o organismo transforma o carboidrato ingerido em glicose durante o processo de digestão. Após esse processo, a glicose é absorvida no intestino e lançada na corrente sanguínea. O pâncreas, então, libera insulina - hormônio responsável por fazer com que a glicose presente no sangue possa ser captada pelas células, onde será possível a transformação em energia. 

Portanto, quando ingerimos alimentos que contêm carboidratos, a glicose presente no sangue sofre alteração. 

Dessa forma, o índice glicêmico (IG) aponta a rapidez com que o organismo transforma o alimento em glicose. Em resumo, quanto maior o índice glicêmico de um alimento, mais glicose ele terá, e quanto mais glicose entrar na corrente sanguínea, mais insulina será liberada para metabolizar essa glicose. 

Como controlar o índice glicêmico no dia a dia? 

A manutenção de uma alimentação saudável no dia a dia é a melhor forma de controlar o índice glicêmico. É preciso aumentar o consumo de alimentos com baixo índice glicêmico. Como regra geral, quanto menos processado o alimento, mais baixo o seu índice glicêmico. 

Confira abaixo exemplos de alimentos com baixo índice glicêmico e alto índice glicêmico:  

  • Alimentos com baixo índice glicêmico: 

Esse tipo de alimento leva mais tempo para serem digeridos e absorvidos. Geralmente são os alimentos com um teor maior de fibras ou ricos em proteína ou gordura. 

São exemplos de alimentos: aveia; cereais integrais; legumes; frutas como maçã e pera com casca, morango, ameixa fresca, kiwi, pêssego; hortaliças, pepino, tomate; leguminosas como feijão e lentilha; carne bovina, peixe e frango. 

  • Alimentos com alto índice glicêmico: 

Por outro lado, os alimentos com alto índice glicêmico são rapidamente absorvidos e, por isso, permitem grande aumento da concentração de glicose no sangue.  

Como exemplos de alimentos com alto índice glicêmico, temos: açúcar; arroz branco; bolos; biscoitos recheados; chocolate; doce de leite; frutas como melão e melancia; macarrão tradicional. 

Quem deve se preocupar com o índice glicêmico? 

Como você já deve estar imaginando, os diabéticos precisam tomar cuidados especiais com o índice glicêmico. Como a diabetes é uma doença caracterizada pelo aumento de concentração de glicose no sangue, como resultado da deficiência na produção de insulina, os diabéticos precisam seguir planos alimentares para auxiliar no controle glicêmico.  

Mas não são só os diabéticos que precisam ter atenção com o índice glicêmico. Todas as pessoas devem cuidar da alimentação para controlar os níveis de açúcar no sangue e deixar o organismo regulado para evitar problemas de saúde. 

Se você deseja emagrecer, também vale ficar de olho no índice glicêmico dos alimentos. O equilíbrio da glicose também está ligado à saciedade. Enquanto os alimentos com baixo índice glicêmico liberam a glicose de modo lento e constante, os que têm alto índice glicêmico liberam a glicose rapidamente, gerando picos de açúcar no sangue. Isso significa que alimentos com baixo índice glicêmico saciam mais e, consequentemente, auxiliam no emagrecimento. 

Diferença entre índice glicêmico e carga glicêmica  

Talvez você já tenha ouvido no termo carga glicêmica. A seguir, vamos explicar a diferença entre índice glicêmico e carga glicêmica. 

Enquanto o índice glicêmico diz respeito à medida da velocidade que um carboidrato é absorvido pelo organismo e se transforma em glicose no sangue, a carga glicêmica mostra a qualidade e a quantidade de carboidratos presentes em uma porção de determinado alimento. Ou seja, ela não mede a velocidade em que um carboidrato se transforma em açúcar. 

Existe um aspecto importante que você precisa saber sobre índice e carga glicêmica: a velocidade da absorção de um carboidrato não está relacionada à quantidade de carboidratos presentes no alimento. Isso significa que um alimento pode ter um índice glicêmico alto e uma carga glicêmica baixa. 

Konjac para uso diabético 

Konjac MF é a única linha de massas e arroz com zero carboidratos do Brasil. Por ser feita da raiz konjac, de origem vegetal, é totalmente livre de açúcar, glúten, sódio e lactose. Além disso, conta com apenas 9 calorias a cada 100g.  

É exatamente por isso que Konjac é uma ótima aliada dos pacientes diabéticos para ajudar a manter uma alimentação saudável e balanceada. A fibra glucomannan, presente no konjac, retarda a liberação de insulina e glicose no sangue, o que ajuda a controlar o índice glicêmico. Portanto, é o alimento ideal para pessoas que desejam reduzir o consumo de açúcar e controle do índice glicêmico nas refeições. 

Os produtos da Konjac MF proporcionam o prazer de uma refeição saborosa, saudável e com a segurança necessária para que pacientes diabéticos possam comer diversos tipos de massas, risotos, arroz e lasanha nas suas refeições diárias. 

Clique aqui e conheça nossos produtos! 

Se você nunca comprou Konjac, tem desconto exclusivo para você: basta digitar PRIMEIRACOMPRA no campo “Cupom de desconto” na hora do seu pagamento. 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente