Conheça os alimentos não-alergênicos

Imagem banner Conheça os alimentos não-alergênicos | Konjac Massas MF

É bem possível que você ou alguma pessoa conhecida não possa ingerir certos alimentos por conta de alguma alergia ou sensibilidade. Ao contrário dos alimentos não-alergênicos, os alimentos causadores das alergias alimentares podem ser um problema, já que afetam cerca de 3% dos adultos, causando problemas digestivos, inchaço, coceira e, em casos mais graves, problemas respiratórios e choque anafilático. 

A alergia alimentar acontece quando o organismo reconhece uma substância do alimento com um agente infeccioso, disparando uma resposta para atacá-lo. Isso pode causar os sintomas mencionados acima de forma bem rápida, o que surpreende pessoas que não tinham ciência da própria alergia. 

Vamos comentar mais sobre os alimentos que mais causam alergia e os não-alergênicos abaixo. 

Alimentos não alérgicos

O que é a alergia alimentar?

Alergia é, na verdade, uma reação do corpo ao contato com uma substância que ele reconhece como agente infeccioso. Essa reação exagerada traz uma série de respostas imunológicas e pode ser um risco para qualquer pessoa.  

No caso das alergias alimentares, a resposta é causada por substâncias presentes em uma série de alimentos, como proteínas e carboidratos, sendo que nem todos causam a mesma reação em todo mundo. A esses alimentos damos o nome de alimentos alergênicos e à substância é dado o nome de alérgenos. 

As causas da alergia alimentar não são sabidas, porém o fator genético e alterações intestinais contribuem para o seu aparecimento. 

Como é muito provável que os portadores de alergias alimentares não saibam sobre elas até a primeira resposta imune, elas geram risco até de vida, no caso de sensibilidades maiores. 

Os sintomas mais comuns de uma alergia alimentar são: 

  • Inchaço; 
  • Coceira; 
  • Urticárias; 
  • Dores abdominais; 
  • Náusea; 
  • Diarréia; 
  • Tosses. 

 
Podem existir mais sintomas que dependem da forma como o alimento foi consumido e do grau de sensibilidade. 

Quais os alimentos alergênicos mais comuns?

Alimentos alergênicos são os alimentos causadores de alergias alimentares. Neles, existem substâncias que podem ser interpretadas pelo sistema imunológico como um agente infeccioso, causando respostas que podem incomodar e trazer problemas para a vida. 

alimentos alergênicos mais comuns

Normalmente, os sintomas são quase imediatos após a ingestão do alimento. Porém, em alguns casos como em derivados de leite, a reação pode vir depois de algumas horas. De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia - ASBAI, qualquer alimento tem a chance de causar alergia (ainda que muito reduzida), porém alguns deles são mais recorrentes neste sentido. 

Os alimentos alergênicos mais comuns são: 

Leite, Queijo e derivados

O leite e seus derivados são alimentos com grande potencial alergênico e inflamatório. Os principais alérgenos são as proteínas caseína, alfa-lactoalbumina e beta-lactoglobulina que não conseguem ser digeridas corretamente, principalmente no caso de bebês.

Ovos

Outro alimento que pode causar reações é o ovo. Seus alérgenos, normalmente, são a ovomucoide e ovoalbumina. As reações da alergia ao ovo podem ser graves como a anafilaxia, um choque sistêmico que traz risco de vida.

Frutos do mar

Moluscos e crustáceos são outros alimentos que podem causar reações no corpo bem graves. É ideal o cuidado na hora de ingerir e verificar se existe histórico familiar sobre alergia a eles.

Oleaginosas

Por conta de uma substância chamada aflatoxina, as castanhas e outros tipos de sementes bem populares podem causar reações alérgicas, chegando também ao choque anafilático.

Soja e trigo

As leguminosas trazem alergias comuns em crianças de até 10 anos. É preciso identificá-las rapidamente antes que cause problemas de desenvolvimento à criança. A alergia está ligada às proteínas presentes nos alimentos. 

Se você quer saber mais sobre os alimentos alergênicos, clique aqui. 

Conheça os Alimentos Não-Alergênicos

Se existem alimentos mais comuns nas alergias, também existem aqueles que, em raríssimos casos, trazem algum tipo de reação. Eles, normalmente, são considerados alimentos saudáveis e possuem um menor potencial de causar inflamação no corpo, tendo origem vegetal e menor teor de proteínas e gorduras. 
 
Listamos alguns deles abaixo para você variar a sua dieta sem se preocupar com a chance de ter reações: 

  • Tapioca; 
  • Maracujá; 
  • Brócolis; 
  • Abobrinha; 
  • Cenoura; 
  • Gengibre; 
  • Manjericão; 
  • Salsinha; 
  • Hortelã; 
  • Chá preto.

Konjac é um alimento não-alergênico 

Entre os alimentos não-alergênicos, destaca-se o konjac, um tubérculo de origem asiática, que pode ser usado como produto primário para a produção de diversos alimentos. Esses derivados são considerados um dos “10 principais alimentos saudáveis” pela Organização Mundial de Saúde. 

As massas da Konjac MF são feitas do konjac. O alimento é não-alergênico e também é um alimento funcional, ajudando na digestão e na manutenção do peso. A grande vantagem do Konjac para uma alimentação que não cause alergias e inflamações é a sua composição dividida em 96% de água e 4% da fibra do konjac Glucomanan. 

Além do seu potencial como alimento não-alergênico, o Konjac também é explorado na medicina como uma alternativa antidiabética, anti-obesidade e prebiótica. Voltando ao seu potencial anti-inflamatório, estudos apontam que o consumo da fibra do Konjac traz efeitos benéficos ao sistema imune no tecidolinfóide associado ao intestino e na doença inflamatória intestinal. 

É claro que, além destes, muitos outros alimentos não-alergênicos existem. O ideal é equilibrar uma alimentação com eles, mas, caso você não tenha restrições, adicionar outros. A comida saudável envolve a prevenção, a nutrição e o sabor. 

Confira as dicas e as receitas da Konjac Massa

Para ter uma alimentação correta como alimentos não-alergênicos e alimentos funcionais, é importante saber mais sobre saúde, dieta e os próprios alimentos. Por isso, a Konjac MF traz para você dicas de alimentação e saúde no blog. Acesse para conferir. 


 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente