Serotonina – Onde encontramos a felicidade?

O que é a serotonina? | Konjac MassaMF

A busca pela felicidade é um dos maiores objetivos do ser humano, não importa a sua localidade. E não é para menos: ninguém se sente bem em situações desconfortáveis ou em uma tristeza prolongada. Mas onde encontramos a felicidade?

A ciência pode ter a resposta! E é numa pequena substância produzida pelo corpo, a serotonina. Este neurotransmissor é utilizado para conectar células nervosas e passar mensagens de relaxamento e bem-estar. Porém, quando ele está em baixa quantidade no corpo, podemos sofrer com episódios depressivos e ansiedade.

Então como aumentar a sua presença no corpo? A Konjac explica nos próximos parágrafos!

 

O que é a serotonina? | Konjac MassaMF

O que é a serotonina?

Chamada muitas vezes de hormônio da felicidade, a serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro, transmitindo impulsos elétricos entre as células nervosas e, assim, passando uma informação do cérebro. Ela pode ser encontrada em diversos pontos do corpo, sendo produzida, principalmente, no intestino.

A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro, estabelecendo comunicação entre as células nervosas, podendo também ser encontrada no sistema digestivo e nas plaquetas do sangue. Esta molécula é produzida a partir de um aminoácido chamado triptofano, que é obtido através dos alimentos.

Entre as suas funções, podemos citar:

  • Regulação do sono;
  • Regulação do humor;
  • Controle do Apetite;
  • Manutenção do ritmo cardíaco;
  • Controle da Temperatura corporal, entre diversos outros.

A serotonina é produzida naturalmente pelo corpo, mas podemos aumentar a sua concentração por meio da ingestão de alimentos ricos em triptofano, a prática de exercícios físicos regulares, o repouso e o cuidado com a saúde mental por meio de atividades livres.

Apesar das funções positivas, a serotonina também pode entrar em queda e trazer sintomas que prejudicam a qualidade de vida, como a dificuldade para dormir, a ansiedade e a depressão. Por isso, é importante saber como evitar a sua queda e quando é hora de buscar ajuda com profissionais a respeito de problemas psíquicos.

Onde encontramos a felicidade?

Como mencionamos acima, a serotonina é produzida pelo próprio corpo e pode ser estimulada com a ingestão de alimentos ricos em triptofano. Entretanto, não adianta apenas ingerir a substância e manter hábitos nocivos, esperando algum resultado mágico. É preciso estimular o corpo a produzir naturalmente o hormônio também!

Abaixo, trazemos algumas recomendações sobre como podemos aumentar a serotonina:

Exercícios físicos

O esporte ou a atividade física da sua escolha são importantes formas de aumentar a serotonina na corrente sanguínea. Eles favorecem a produção e liberação de precursores da serotonina, o que traz uma sensação de bem-estar após a atividade física.

Experimente realizar exercícios aeróbicos regularmente e comprove a melhora nas sensações do corpo.

Exposição solar

Tomar sol com frequência é uma importante forma de garantir vitamina D no corpo. Mas, mais do que isso, a exposição solar impacta na metabolização do triptofano, favorecendo o aumento da serotonina no sangue. É só não exagerar, se expondo ao sol antes das 10h e depois das 16h e você terá os benefícios!

Saúde mental

O cuidado com a saúde mental, buscando atividades que tragam relaxamento e repouso, é fundamental para o corpo! Além de evitar que o estresse aumente a presença de radicais livres sangue, atividades como a meditação podem melhorar a atividade neural e favorecer a liberação de serotonina.

Alimentação

No caso da ingestão de triptofano, que auxilia a produção de serotonina, existem diversos alimentos ricos na substância que podem ser incluídos facilmente na dieta. Entretanto, a quantidade diária recomendada ainda está sendo estudada.

10 alimentos ricos em triptofano:

  1. Queijo;
  2. Frango;
  3. Ovos;
  4. Salmão;
  5. Banana;
  6. Abacaxi;
  7. Nozes;
  8. Soja;
  9. Cacau;
  10. Canela.

Estes alimentos, aliás, vão além do triptofano, trazendo para o organismo também minerais como o magnésio, cálcio e o zinco. Este aporte nutricional ajuda na melhora da função digestiva e, como já foi comprovado em estudos, a saúde do sistema digestivo influencia positivamente na saúde mental.

Equilibre a sua dieta para a saúde mental

A saúde mental está intrinsecamente ligada ao sistema digestivo. Essa ligação acontece por conta da microbiota intestinal, uma série de bactérias presentes no sistema digestivo que influenciam o sistema imunológico e atuam na síntese de neurotransmissores.

Para garantir a boa saúde do intestino, a inclusão do Konjac na dieta é uma ótima recomendação. As massas feitas com o tubérculo, originário da Ásia, possuem uma característica muito positiva quando falamos sobre a saúde do intestino: a presença da fibra solúvel Glucomannan!

Esta fibra auxilia na saciedade e também mostra benefícios na redução do colesterol LDL e ao evitar sintomas ligados à constipação. Porém, os produtos feitos com konjac vão além deste fato. Eles não possuem carboidratos e tem baixíssimas calorias (apenas 9 calorias a cada 100g), sendo ideais para dietas restritivas ou não.

Encontre mais dicas para o seu corpo no Blog da Konjac

O melhor para a saúde e para a sua alimentação, você encontra no Blog da Konjac Massas MF. Nele, trazemos dicas para o seu corpo, orientações para prevenir o aparecimento de doenças, dicas sobre alimentação e exercício físico, explicações sobre nutrientes e informações sobre diversos alimentos. Acesse agora mesmo.

E não perca também as receitas especiais para você fazer com a sua família, usando da única massa zero carboidratos e com baixas calorias do Brasil. Conheça mais opções.


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente